Quais vacinas devo tomar para viajar pelo Brasil e América Latina?

Viajar é tudo de bom, principalmente se for para fazer aquele mochilão por vários países, incluindo o Brasil e os demais países da América Latina. Afinal de contas, nosso continente é uma das regiões mais privilegiadas do mundo, quando o assunto é beleza e pontos turísticos.

Mas, antes de iniciar uma empreitada destas, é fundamental levantar o máximo de informações possíveis. E uma informação que, em hipótese alguma, pode faltar é quais vacinas tomar para manter o sistema imune em dia, antes de viajar.

Pensando nisso, é que criamos este artigo sobre quais vacinas tomar antes de viajar pelo Brasil e América Latina, divididos em um tópico para cada região:

Qual vacina tomar: América Central

A América Central é um subcontinente cujo qual é parte importante da América Latina, seu território abriga 20 países diferentes. Lar da civilização Maia, a América Central é destino de muitos turistas, todos os anos graças a sua importância para a história de todo o continente.

Para fazer esta viagem, é imprescindível que o turista esteja em dia com as seguintes vacinas:

 

  • Hepatite A: Imuniza contra o vírus VHA, causador da Hepatite;
  • Hepatite B: Utiliza hidróxido de alumínio e timerosal, através da recombinação do DNA para imunizar o fígado contra a doença;
  • Tétano e Difteria: Conhecida como dT, a vacina contra o tétano e a difteria pode causar alguns efeitos colaterais, mas não é nada grave ou que comprometa o bem-estar da viagem.
  • Febre tifoide: A vacina previne a doença causada pela bactéria Salmonella, comum em locais com pouco saneamento básico, como é o caso de muitas regiões da América Central.

 

São países da América Central: Antígua e Barbuda, Bahamas, Barbados, Belize, Costa Rica, Cuba, Dominica, El Salvador, Granada, Guatemala, Haiti, Honduras, Jamaica, Nicarágua, Panamá, República Dominicana, Santa Lúcia, São Cristóvão e Nevis, São Vicente e Granadinas, Trinidad e Tobago.

Qual Vacina tomar: América do Sul

A América do Sul é um subcontinente cujo qual corresponde a maior parte da América Latina, seu território abriga 18 grandes países diferentes. Lar da civilização Inca, a América do Sul é conhecida por sua diversidade de flora e fauna, além da beleza característica da região.

Por estas e outras, a região atraí milhões de turistas todos os dias. Mas, para poder curtir essa viagem sem se preocupar, é fundamental que o turista esteja com as seguintes vacinas em dia:

 

  • Febre Amarela: A vacina contra a febre amarela é feita com vírus vivo, em sua forma atenuada. Assim, eles apenas estimulam o sistema imune, fazendo com que nosso organismo reaja ao agente agressor.
  • Hepatite A: Imuniza contra o vírus VHA, causador da Hepatite;
  • Hepatite B: Utiliza hidróxido de alumínio e timerosal, através da recombinação do DNA para imunizar o fígado contra a doença;
  • Tétano e Difteria: Conhecida como dT, a vacina contra o tétano e a difteria pode causar alguns efeitos colaterais, mas não é nada grave ou que comprometa o bem-estar da viagem.
  • Febre tifoide: A vacina previne a doença causada pela bactéria Salmonella, comum em locais com pouco saneamento básico, como é o caso de muitas regiões da América Central.
  • Infecção Meningocócica: Esta vacina age defendendo o organismo das bactérias causadoras das meningites.

 

São países da América do Sul: Argentina, Aruba, Bolívia, Bonaire, Brasil, Chile, Colômbia, Curação, Equador, Guiana, Guiana Francesa, Ilhas Malvinas, Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela.

E aí, gostou do artigo? Então não esqueça de compartilhar com os seus amigos no Facebook, para que eles também saibam quais vacinas tomar antes de viajar.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *