Vacina contra Varicela (catapora)

Varicela (Catapora)

A catapora (ou varicela) é uma doença altamente cotagiosa causada por um vírus. É caracterizada por erupções na pele, manchas vermelhas arredondadas e salientes por todo o corpo, que depois se transformam em pequenas bolhas parecidas com as de queimadura, com um líquido claro dentro. Em pouco tempo, essas bolhas escurecem e em seguida viram crostas. Este ciclo se repete durante a doença.

O período entre o contágio e a manifestação da doença pode durar de 14 a 16 dias. Pacientes que estejam com baixa imunidade podem apresentar os sintomas mais cedo. Adolescentes e adultos, em geral, sofrem mais com os sintomas do que as crianças.

Transmissor – O ser humano.

Forma de transmissão – A pessoa infectada pode transmitir a doença através de gotículas que ficam espalhadas pelo ar quando ela espirra, tosse, fala ou mesmo quando respira perto de alguém. Objetos contaminados com as secreções do doente também podem transmitir a catapora. A porcentagem de contaminação através do contato com as bolhas e crostas é razoavelmente pequena.

Período de transmissão – Pode variar entre 1 e 2 dias antes da erupção até 5 dias após o surgimento do primeiro grupo de bolhas.

Complicações – A catapora ainda pode causar algumas complicações: infecções na pele que podem evoluir para uma infecção generalizada (sepse); inflamação nas articulações; problemas renais; pneumonia; problemas cardíacos; inflamação no cérebro (encefalite, meningite). O uso de ácido acetilsalicílico (AAS), principalmente por crianças, pode causar problemas neurológicos e no fígado. Em gestantes, a catapora pode causar infecção no feto, com mal formações (Síndrome da Varicela Congênita). Já as pessoas com a imunidade baixa podem desenvolver a formas de Catapora mais graves e com grande risco de morte.

Lembre-se: não se automedique. Sempre procure seu médico. Ele poderá indicar o melhor tratamento para que você recupere sua saúde.

 

Vacina contra Varicela (catapora)

Indicada para prevenir a catapora em crianças e adultos. É produzida a partir de vírus enfraquecidos que causam a doença. Crianças a partir dos 12 meses devem tomá-la e uma dose de reforço está indicada 3 meses após a primeira (este reforço não deverá ultrapassar os 24 meses de idade).

Adolescentes e adultos, sem comprovação de vacinação prévia, tomam duas doses, sendo que a segunda deve ser de 1 a 3 meses depois da primeira.

Observação: A marca de vacina GSK possibilita que crianças sejam vacinadas a partir dos 9 meses de idade (sob orientação médica). Nesse caso, duas outras doses serão necessárias após a criança completar 1 ano de idade.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *